Mais 1ndic@ções

"Eles envergonharam nossa família", diz tio de suspeitos de atentado em Boston

"Eles envergonharam nossa família", diz tio de suspeitos de atentado em Boston

"Eles envergonharam nossa família", diz tio de suspeitos de atentado em Boston:
Ruslan Tsarni, tio de Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev, suspeitos pelo atentado em Boston diz à imprensa que os sobrinhos envergonharam a família e a Chechênia (Foto: Jose Luis Magana/AP)
Ruslan Tsarni, tio de Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev, suspeitos pelo atentado em Boston diz à imprensa que os sobrinhos envergonharam a família e a Chechênia (Foto: Jose Luis Magana/AP)

O tio dos dois homens apontados pela polícia dos Estados Unidos como os responsáveis pelo atentado que matou três pessoas na Maratona de Boston, na segunda-feira (15), Ruslan Tsarni falou com a imprensa, no Estado de Maryland, onde vive, no início da tarde desta sexta-feira (19). O imigrante russo afirmou que não tinha nenhuma relação com a família de seu irmão, pai de Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev. Segundo Tsarni, ele não tinha contato com os sobrinhos. "Minha família não tem nada a ver com isso", disse. "A última vez em que estive com meu irmão foi em dezembro de 2005. Minha família não tem nada a ver com a família deles, quero que meus filhos fiquem longe dessa história."
Tamerlan, de 26 anos, foi morto na noite quinta-feira (18) em tiroteio com a polícia. Dzhokhar, de 19 anos, continua sendo caçado em uma megaoperação em Boston e na vizinha Watertown, em Massachusetts. Com voz firme, Tsarni fez um apelo para que o sobrinho se entregasse: "Dzokhar, se você estiver vivo, se entregue, peça perdão às vítimas, aos feridos, aos que nos deixaram. Peça perdão a essas pessoas. Eles envorgonharam nossa família e toda a etnia chechena".
>>Fotos: A perseguição em Boston
Com a divulgação da identidade dos irmãos e a informação de que eram chechenos, o presidente da Chechênia, Ramzan Kadyrov, afirmou no Instagram que qualquer tentativa de ligar esse ato terrorista à Chechênia será em vão.
Tsarni iniciou sua fala à imprensa dando condolências e pedindo desculpas às famílias dos três mortos nas explosões da segunda-feira: Martin Richard, de 8 anos, a chinesa Lu Lingzi, de 23 anos, e Krystle Campbell, de 29 anos. Ele chamou o atentado de "atrocidade".
O tio dos suspeitos disse que viu as fotos divulgadas pela polícia na quinta-feira (18) na internet. "Quando vi as imagens, vi Dzokhar."
#Compartilhar

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo Indicador

INDIC@ DESDE 2008 - INDICANDO OS MELHORES CONTEÚDOS
Jovex Webdesigner
Hoje é

Marcadores

Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates