Mais 1ndic@ções

Garotinho diz que prefeitura romperá contrato com fantasma

Garotinho diz que prefeitura romperá contrato com fantasma

Garotinho diz que prefeitura romperá contrato com fantasma:
O deputado federal Anthony Garotinho, líder do Partido da República (PR) na Câmara, afirmou nesta terça-feira (21), em entrevista à rádio CBN, que a Prefeitura de Campos dos Goytacazes romperá o contrato milionário que mantém com a GAP Comércio e Serviços Especiais. Na edição desta semana, ÉPOCA revelou que o dono da empresa GAP é um fantasma. A prefeita de Campos, Rosinha Garotinho (PR), é mulher do deputado. Entre 2009 e 2011, a GAP recebeu pelo menos R$ 32 milhões do município pelo aluguel de ambulâncias e ainda tem um contrato de R$ 15 milhões em vigor. Durante uma ação proposta à Justiça, em agosto de 2011, o Ministério Público do Rio já dizia que a contratação da GAP com a prefeitura era fraudulenta. A prefeita e Garotinho sempre negaram irregularidades. Agora, diante da revelação de que o empresário George Augusto Pereira, dono da GAP, não existe, a prefeitura decidiu tomar providências.
>>O amigo invisível do Garotinho

CRIATIVIDADE O deputado Anthony Garotinho. Em vez de laranjas, ele tem um fantasma (Foto: André Coelho/Ag. O Globo)
O deputado Anthony Garotinho (Foto: André Coelho/Ag. O Globo)

“A prefeita já oficiou a empresa para, num prazo de dez dias, apresentar as justificativas, que são injustificáveis. O contrato será rompido, e ela vai promover nova licitação ou contratação por emergência”, afirmou Garotinho à CBN. O verdadeiro operador da GAP é o empresário Fernando Trabach Gomes. Ele prestou serviço para a campanha do PR em 2010, recebendo R$ 1,2 milhão para fornecer combustíveis. Há indícios de fraudes nas notas fiscais apresentadas à Justiça Eleitoral para comprovar os gastos.
Ainda na entrevista, Garotinho disse conhecer Trabach, mas afirmou que não sabia da fraude na GAP. “Eu não vou negar. Conheci Fernando na campanha para deputado federal. Eu sabia de seus negócios lícitos. Nunca iria imaginar [as fraudes]. Eu estou profundamente decepcionado com a atitude dele. Acho que não agiu de forma decente e tem que ser punido", afirmou à CBN. No fim de abril, Garotinho subiu ao plenário da Câmara com outro discurso. Disse que a GAP “ganhou licitamente a concorrência”.
A empresa também foi contratada com verba da Câmara, em 2011, para alugar um carro a Garotinho. Ele diz que usava o veículo para a atividade parlamentar. Na mesma época, a GAP emprestou um carro de mesmo modelo ao filho do deputado, Wladimir Matheus. O rapaz sofreu um acidente e destruiu o veículo, um Ford Fusion, contra um muro, mas Trabach decidiu não cobrar o prejuízo. À CBN, Garotinho disse que repreendeu Matheus. “Eu disse ao meu filho que não confundisse a amizade que ele tinha com o gerente da empresa em Campos com as coisas da prefeitura. É conflito de interesse, sim. E eu não acoberto porque é filho meu.”
Na edição desta terça-feira, o jornal Extra revelou que a GAP também prestou serviço aos deputados federais Zoinho (PR-RJ) e Cristiano (PTdoB-RJ), à Assembleia Legislativa do Rio, às secretarias estaduais de Saúde e Ciência e Tecnologia, à Polícia Civil e à Prefeitura de Caxias. Entre esses órgãos públicos, o maior contrato foi com a Polícia Civil, no valor de R$ 1,1 milhão, para fornecer pneus – bem menor que o contrato com a Prefeitura de Campos, de R$ 47 milhões.
#Compartilhar

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo Indicador

INDIC@ DESDE 2008 - INDICANDO OS MELHORES CONTEÚDOS
Jovex Webdesigner
Hoje é

Marcadores

Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates