Mais 1ndic@ções

"Liderança pressupõe responsabilidade", diz Grella

"Liderança pressupõe responsabilidade", diz Grella

"Liderança pressupõe responsabilidade", diz Grella:
Carro da Record incendiado ao fundo, São Paulo (Foto: AP Photo/Nelson Antoine)Diante de incêndio provocado por "grupo isolado", manifestante pede que atos sigam "sem violência"

(Foto: AP Photo/Nelson Antoine)
O sexto dia de protestos contra o reajuste da tarifa do transporte público em São Paulo foi marcado por manifestações pacíficas, como a que ocorreu na Avendia Paulista, mas também teve cenas de violência, como as registradas em frente à sede da Prefeitura de São Paulo, em que um grupo de manifestantes depredou a entrada do edifício, além de pichar a fachada do Theatro Municipal, saquear lojas e destruir agências bancárias. Na noite desta terça-feira (18), ao menos 63 pessoas foram detidas pela Polícia Militar e dois agentes ficaram feridos. Para o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella, a polícia atuou no momento correto. "A polícia tem o dever de garantir o direito de manifestação, mas também a ordem e a integridade das pessoas. E isso foi feito ontem”, disse em entrevista na manhã desta quarta-feira (19) ao jornal Bom Dia São Paulo.
>> Fotos: A violência no Centro de São Paulo 
Durante a entrevista, Grella disse que espera que os manifestantes do Movimento Passe Livre (MPL) condenem publicamente os atos de violência e vandalismo ocorridos na noite de ontem por um pequeno "grupo isolado". “Queria lembrar aos líderes desse movimento (MPL), com os quais me reuni na segunda-feira (17), que liderança pressupõe também responsabilidade”, afirmou o secretário. Segundo ele, o MPL não será responsabilizado pelos atos de destruição, mas espera-se que seus líderes fiquem "ao lado da população para condenar isso".
O secretário pediu urgência à polícia na identificação das pessoas que participaram das depredações no Centro de São Paulo. As imagens foram encaminhadas para o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic). "Esses não são manifestantes, são criminosos que atentam contra o direito de manifestação, ao patrimônio público e à integridade das pessoas".
Grella disse que a Secretaria de Segurança Pública vai continuar trabalhando para garantir que as manifestações aconteçam de forma pacífica, mas que não permitirá novos atos de vandalismo. "Vamos acionar Tropa de Choque e a Rota contra vândalos, baderneiros e cimininosos", disse.

NT
#Compartilhar

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Arquivo Indicador

INDIC@ DESDE 2008 - INDICANDO OS MELHORES CONTEÚDOS
Jovex Webdesigner
Hoje é

Marcadores

Traduzido Por: Mais Template - Designed Seo Blogger Templates