Renda Extra

"Mulheres de Areia" atores falecidos


Amar o perdido
deixa confundido
este coração.
Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.
As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão
Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão

Carlos Drummond De Andade
******************************************************

Raul Cortez *Virgílio
(Santo Amaro, São Paulo em 28/08/1932 - São Paulo em 18/07/2006).

Morreu em função de complicações relacionadas a um câncer na região abdominal.


Foi casado com a atriz Célia Helena, falecida em 1997, com quem teve a filha Lígia Cortez, também atriz. Seu segundo casamento foi com a promoter Tânia Caldas, com quem teve a filha Maria.

Serafim Gonzalez *Garnizé
(Sertãozinho, São Paulo em 19/05/1934 - Santos, 29/04/2007).

A novela mais marcante de sua carreira foi "Mulheres de Areia". Ele participou das duas versões da obra de Ivani Ribeiro, a primeira em 1973 e a outra em 1991. Na primeira, foi o responsável pelas cerca de 200 esculturas em areia feitas durante as gravações. Na segunda versão da novela, a Globo chamou vários escultores, mas não deu certo porque as esculturas tinham que ser feitas com muita rapidez. Então, o filho de Serafim, o artista plástico Daniel Gonzalez, foi chamado, pois fazia cada obra em 30 minutos.


Serafim Gonzalez morreu de insuficiência respiratória. Ele tinha 72 anos e estava em casa, em Santos, quando passou mal. O ator foi socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital. Serafim Gonzales participou de 21 filmes, 30 novelas e várias peças de teatro. Seu último trabalho foi na novela "Belíssima", da Rede Globo, em 2005/2006.

Carlos Zara *Zé Pedro
(Campinas, 14/02/1930 - São Paulo, 11/12/2002).


O diretor e ator faleceu, aos 72 anos de idade, em decorrência de falência múltipla de órgãos e insuficiência respiratória provocadas por um câncer de esôfago, após passar cinco dias no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O câncer, descoberto em agosto de 2001, estava sendo tratado com sessões de radioterapia e quimioterapia.
Jorge Cherques *Capitão
(Rio de Janeiro em 25/07/1928 - Rio de Janeiro em 11/03/2011).

Jorge Cherques estava internado no CTI do hospital Copa D'Or (zona sul), e teve falência múltipla de órgãos. O ator estava com 82 anos.

Em 2009 se afastou de suas atividades em razão de um tratamento de câncer de pele.

Seu último trabalho em novelas foi em "Alma Gêmea", de 2006, em que viveu o psiquiatra de Alexandra (Nívea Stelmann).

Germano Filho *Ataliba
(Rio de Janeiro em 1933 - Rio de Janeiro em 1998).

O ator fez nove filmes e participou de mais de 30 novelas e minisséries.
O ator faleceu, aos 65 anos, vítima de insuficiência respiratória.

Felipe Carone *Juiz
(São Paulo em 25/07/1920 - Rio de Janeiro em 27/03/1995).

O artista faleceu aos 74 anos. Pouco antes de morrer, ele estava em cartaz no Rio de Janeiro com a peça “Além da Vida”, baseada em livro de Chico Xavier.

Moacyr Deriquém *Giacomim
(Rio de Janeiro em 1927 - Rio de Janeiro em 13/04/2001).

Em 13 de abril de 2001, ele foi encontrado morto em seu apartamento em Copacabana, Rio de Janeiro, pelos vizinhos. Quinze dias antes o ator havia sido internado com problemas cardíacos.


Era solteiro e sem filhos.

Dary Reis *Bastião
(Formigueiro, RS, em 12/02/1926 - Rio de Janeiro, RJ em 26/12/2010).

Dary Reis faleceu no dia 26 de dezembro de 2010, no Rio de Janeiro, em razão de um acidente vascular cerebral.


O ator estava aposentado pela Rede Globo, após mais de 40 anos de trabalho na emissora.


Ivan Senna *Médico
(Rio de Janeiro em 1936 - Rio de Janeiro em 09/05/2009).
Ivan Senna faleceu aos 73 anos, após longa enfermidade.

Invirg São Paulo *Zé Luís
(Feira de Santana, Bahia, em 26/10/1964 - Rio de Janeiro, 10/08/2006).



Irving São Paulo morreu de falência múltipla dos órgãos, no Rio de Janeiro, em 10 de agosto de 2006, aos 41 anos de idade.


Ele estava internado desde 31 de julho no CTI do Hospital Copa D'or, com quadro de pancreatite necro-hemorrágica. O ator chegou ao hospital já com um quadro avançado de inflamação do pâncreas. Segundo a assessoria, ele chegou a ser submetido a algumas cirurgias, mas não resistiu.

Adriano Reys *Sampaio
(Rio de Janeiro em 20/07/1934 – Rio de Janeiro em 20/11/2011).

O ator morreu por volta das 9h30 do dia 20 de novembro de 2011. Segundo Vivi Cantinho, que era casada com o ator havia 29 anos, Adriano sofria de câncer no fígado e no peritônio e estava internado no Hospital Copa D'Or, na Zona Sul do Rio, havia dez dias. Já enfrentava a doença há três anos.

O ator não deixou filhos.

Nenhum comentário:

Indicações - mapa indicador - Índice

Carregando...